Rondônia chega a 6 casos de Coronavírus; mulher de 31 anos teve infecção local

26 de Março de 2020 Fonte::

Aumentou para 6 o número de pessoas infectadas com Coronavírus em Rondônia, segundo boletim divulgado na noite desta quinta-feira (26) pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

A nova vítima é uma mulher de 31 anos da Capital, sem histórico de viagem para outro país ou estado com transmissão de Covid-19 nos últimos 15 dias. As amostras para o exame foram coletadas no último dia 20 e analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) que confirmou o diagnóstico de Coronavírus.

Segundo boletim desta quinta-feira, os números de casos notificados chegaram a 717, destes 219 foram descartados, sendo seis confirmados.

Na terça-feira (24) também foram confirmados dois casos de Porto Velho, uma mulher de 36 anos e o marido de 39. Ele esteve em viagem recente ao estado de São Paulo, onde contraiu o vírus e transmitiu à esposa. O casal encontra-se em isolamento e sendo acompanhado pela equipe do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) do município.

Os exames do casal foram coletados na Policlínica Ana Adelaide, em Porto Velho, no último dia 20, e encaminhados para o Lacen. Na segunda-feira (23), o Laboratório realizou 19 exames que deram negativos, já na terça (24) foram realizados 48 testes para o Coronavírus, sendo que dois positivos para Covid-19.

Confira

Até a tarde desta quinta-feira, 26 março, foram consolidados os seguintes resultados para Covid-19 em Rondônia:
Confirmados – 06
Descartados – 219
Notificados – 717
Excluídos – Plataforma do Ministério da Saúde não informa
Suspeitos – Plataforma do Ministério da Saúde não Informa
O Ministério da Saúde (MS) está em processo de mudança e adequação na plataforma de dados que agrega as informações relacionadas ao novo Coronavírus (Covid-19), com limitação de acesso aos Estados e mudança na nomenclatura de casos. Dados detalhados com a situação individual dos municípios não estão disponíveis nesse processo de integração.
A Agevisa ressalta que os dados não são lidos e atualizados imediatamente pelo Ministério da Saúde, por isso há atraso (delay) no registro de casos que estão sendo acompanhados diariamente por equipes de saúde nos municípios.

Rondoniavivo

RESTAURANTE PAULISTA
anuncie aqui
Comentarios