Operação da PM realiza abordagens, prende foragidos e fiscaliza veículos em todo o Estado

24 de Abril de 2019 Fonte::
 
Operação da PM realiza abordagens, prende foragidos e fiscaliza veículos em todo o Estado

Teve início, na manhã desta quarta-feira (25), a Operação Tiradentes deflagrada pela Polícia Militar (PM) em todo o Estado de Rondônia com o objetivo de combater a criminalidade, em especial crimes contra o patrimônio. Cerca de 1.200 policiais e 400 viaturas estarão nas ruas realizando abordagens de rotina, buscas por foragidos e fiscalizações de veículos. A ação termina às 7 horas desta quinta-feira (25).

A operação acontece em âmbito nacional com o envolvimento de mais de 100 mil policiais militares nas ruas de todo o país, visando preservar a ordem pública, diante da necessidade de enfrentamento e redução dos índices de criminalidade nos estados.

Em Porto Velho, as equipes fizeram um levantamento dos locais onde ainda é necessário intensificar o policiamento. Nas proximidades das escolas também foi está ocorrendo reforço, principalmente por causa da onda de assalto que vem acontecendo. 

O comandante da Polícia Militar, Ronaldo Flores, informou que durante toda manhã vários foragidos da justiça foram recapturados, houve apreensão de drogas, recuperação de veículos roubados, cinco pessoas foram presas somente na capital e mais de 50 veículos foram apreendidos durante as blitze por apresentarem diversos problemas. “Nós queremos principalmente reduzir no número de ocorrências durante este dia”, disse o comandante. 

O secretário de segurança do estado, coronel José Hélio Pachá, disse que está acompanhando de perto a operação da Polícia Militar e também da Polícia Civil, que foi deflagrada nesta manhã sendo cumpridas 65 prisões e 17 apreensões de menores em todo o Estado. “Já é possível perceber o baixo índice de criminalidade no dia de hoje com a deflagração das operações podendo destacar um resultado positivo, mas queremos reduzir ainda mais porque esse é o objetivo das policias”, destacou o secretário. 

Fonte: Rondoniagora

Comentarios