Dono da Rede TV, senador condenado a prisão está fora das eleições em RO

12 de Abril de 2018 Fonte::

STF decretou suspensão dos direitos políticos de Acir Gurgacz.

Dono da Rede TV, senador condenado a prisão está fora das eleições em RO

A mídia nacional repercute: o senador Acir Gurgacz, presidente estadual do PDT, não deve ser candidato ao governo de Rondônia nas eleições deste ano. 

 

Em fevereiro passado, ele foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por crime contra o Sistema Financeiro. Também, na mesma decisão, o Supremo Tribunal Federal (STF) decretou a suspensão dos direitos políticos e a perda do mandato. Contudo, este último caso será submetida à análise do Senado.

 

O CRIME

Gurgazc foi condenado por crime contra o Sistema Financeiro Nacional (art 20 da lei 7.492/86). A denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República (PGR) apontou que, no período de 2003 a 2004, o senador obteve o financiamento junto ao Banco da Amazônia para renovação da frota de ônibus da Eucatur, empresa de transporte gerida por ele.

 

Para isso, foi liberada verba no valor de R$ 1,5 milhão, dos quais o senador teria se apropriado de R$ 525 mil. Com o restante da quantia, ele teria comprado ônibus velhos, diferentemente do objeto do empréstimo que era a compra de ônibus novos. Além disso, conforme os autos, a prestação de contas ocorreu com a apresentação de notas fiscais falsas. Gurgacz diz que recorrerá.

 

FORA DAS ELEIÇÕES

Já que o crime tem como resultado a suspensão dos direitos políticos, neste prisma, Gurgacz está fora das eleições deste ano. Pré-candidato ao governo, ele prepara o “terreno” em Vilhena, onde já realizou encontro partidário.

 

REDE TV

Além de manter a empresa de transportes Eucatur, o senador também é dono do Sistema Gurgacz de Comunicação (SGC), que mantém a Rede TV e o jornal Diário da Amazônia em Rondônia.

Fonte: Extra de RO

SORVETRIA MILK SHAKE
RESTAURANTE PAULISTA
Comentarios